quarta-feira, 2 de junho de 2010

A DOR


A ciência afirma ser a dor uma condução neural de compostos químicos responsáveis pelos estímulos físicos...

Já existe medicina da dor: ninguém merece ficar sentindo dor...

Mas e as dores estimuladas pelo que não é físico?

As dores da alma? As dores da perda? As dores da frutração? As dores do amor?
A profilaxia é mais fácil do que o tratamento...

Métodos profiláticos destas dores:
1. Viva observando as coisas com menos seriedade;
2. Procure observar, perceber e verbalizar todas as coisas positivas de TUDO que ocorre ao redor (se não conseguir, peça ajuda aos que têm facilidade);
3. Ame quem te ama, se permita ser amado;
4. Abraçe e seja abraçado;
5. Beije e seja beijado;
6. Tenha relações íntimas com compromisso do prazer de ambos;
7. Conheça lugares novos, por fotos, inclusive;
8. Valorize os que estão vivos: próximos e distantes;
9. Valorize a memória dos que já partiram: veja fotos, conte histórias, provoque risos...
10. Tenha consciencia de que viver dói... mas é bom demais!!

TRATAMENTO:
Espere... o tempo é o melhor remédio, ainda que o pior inimigo!
Ilustração de Gustavo Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário