quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

PRA QUEM ?











Isto é a primeira coisa que escrevo em 2010...

A pergunta que faço auxilia nas decisões que vamos tomar:
pra quem somos o que somos?
Ou pra quem fazemos o que fazemos?

Sem discursos metafísicos ou dogmas teológicos,
Nossa humanidade se constrói a partir do outro
e da nossa relação com esse "outro".
Referências afetivas e existenciais a partir do útero.

Somos os elogios e os desagrados dos nossos entes parentais.
Somos o cumprimentos de profecias de nossos pais
e ou aqueles que exerciam força psiquíca em nossa formação.

Nesta verdadeira "sopa" do que sou e do devir,
pergunto quem sou pra me achar e buscar a ser em mim.
Ser pra mim, em primeiro...

E coisas que faço? Faço pra quem?
Faço pra mãe que me troca e cuida da continuuidade de ser;
Faço pra o pai que espera que eu seja o cumprimento
de missões inacabadas ...

Mas o que quero é fazer pra mim...
Mim quem?
Fazer o que?






Um comentário: